martes, abril 03, 2007

REINO ANTIGO

(Rosina de Valença-Maria Bethânia)

Meu doce reino antigo
onde araçás de mel
me enchiam de prazer
do alto de galhos verdes
perto de folhas tenras
olhava o tempo e mundo
sentindo a vida passar suave
tocando de leve como brisa
minha pele
meu doce reino encantado
onde sonhos, canç
ões, gargalhadas
brincavam dentro de mim
me lembro sempre assim
tuas sombras serenas
em tardes quentes e lentas
com leve cheiro de jasmim
meu doce reino dourado
te duardo só pra mim
teus tesouros segregados
tes mistérios encantados
doce reino já passado
onde certamente fui rainha
e naturalmente fui rei


8 comentarios:

DE-PROPOSITO dijo...

'Meu doce reino dourado'.
.....................
Cada pessoa tem o seu doce reino. E aí são reis e rainhas. Lá diz o ditado: 'Em minha casa eu sou rei'.
Vale mais para o possuidor a sua casa humilde (mas onde ele é rei), do que palácios sumptuosos, mas que não lhe pertencem.
Fica bem.
E a felicidade juntinho de ti.
Manuel
Ah, e feliz Páscoa para ti e para todos os que te são queridos.

Raquel Olvera dijo...

Lo entendí! Lo entendÍ todo! Felices pascuas para ti también.

Armando Ortiz Valencia dijo...

¿mereceremos los mortales traducción?

saludos!

fgiucich dijo...

de-proposito ha dicho una gran verdad. Abrazos.

manuel dijo...

Brasil, Brasil, ¡quien tuviera su bosa nova y su carnaval!

Nos quedamos aquí, añorando

MARIA VALADAS dijo...

sÓ ME SINTO RAINHA...NA MINHA CASA!

Mas hoje..venho só para desejar uma SANTA E FELIZ PÀSCOA!

Beijo da


Maria

Isabel Romana dijo...

Me encantaría tener un reino dorado así. Besos y hasta pronto.

Dra. Kleine dijo...

Rainha! Oh... meu mamá aun no muere!
Eu soi princhesca